Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Em que se devem ter inspirado? ^.^

frito e escorrido por Peixe Frito, 12.01.10

 

   Aqui há dias, comprei pão num centro comercial. Um pão fantástico... fofinho... assim super apetecível, e com uma legenda a dizer: "Manda-me uma trinca, s.f.f." ou neste caso mais hardcore "Faz de mim uma sandes...!"*; Por norma, e atenção eu não percebo muito de pães e o caraças (carcaças pá, carcaças!! Vocês lêem tudo ao contrário..!!), pelo que para mim, os nomes dos pães resumem-se à dita "carcaça", "pão-alentejano", "pão-saloio", "pão-tigre", "baguete", "pão-de-milho", "pão-de-centeio", "pão-de-cereais", "pão-de-leite", "vianinhas", "bolinhas", "maminhas", "pão-com-chouriço", e claro, "pão-de-ló"...! ;) Acho que não me estou a esquecer de nenhum. A verdadeira surpresa, foi quando fui ver o nome do pão, para a próxima comprar outro igual. Sabem como se chamavam os pães, sabem sabem? Como sou uma tipa porreira, eu digo.

   O pão em voga lá pelo aquário, são as...:

    - Caralhotas;

    Ora... eu nunca tinha ouvido falar de um tipo de pão com este nome, e confesso, se ouvisse falar assim do ar, para mim, tinha mais nome de brinquedo sexual do que propriamente de pão!

 

    *É uma adaptação na versão da padaria, de uma frase muito utilizada na indústria musical "Faz-me mulher"; Sinceramente... Quem têm coragem para dizer isto? "Faz-me mulher" possas... Os transsexuais ainda vá que não vá, agora mulheres quererem ser mulheres... Vadias pá...!! eheh

Eu a-d-o-r-o...

frito e escorrido por Peixe Frito, 26.06.09

   ...trincar sandes de chouriço. Ou como eu digo, sandocha de choiro. Mas gosto mais precisamente da parte em que as rodelas já estão cortadas - não por mim é óbvio - assim fininhas que até se vê o sol do outro lado, já sem a pele da tripa, e já se encontram alojadas por entre as fatias da futura bela sandocha. Agora, para mim, comer uma sandocha de choiro, têm ciência. Sim, porque esta alminha, sempre que manda uma dentada na sandocha, anda a plantar rodelas de choiro pela casa. Um autêntico atentado! Um pecado!! Sem falar no desperdício, e nas manchas gordurosas que este deixa nas superfícies. O que vale, é que algumas são recuperáveis, e ainda se encontram comestíveis, senão... fazia a sandocha e comia-a ali no mesmo sítio - fosse onde fosse! Nada me demoveria até à última migalha! - só para não comer menos rodelinhas de choiro. Sim meus amigos, que como me toca a mim a maioria das vezes, ser eu a arranjar a minha sandocha (também não posso correr o perigo de pedir a alguém, senão ainda me retraçam o choiro, e eu fico a ver navios), sei que cortar o choiro, tirar a pele, e ainda colocar o dito entre as fatias do pão, dá trabalho!! Há que dar o devido valor!