Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Cada um com a sua pancada

11.07.18, Peixe Frito
  Primeiro dia de Primavera-Verão do ano de verdade, não daquelas mariquices de chuva molha tolos e sol envergonhado atrás das saias das nuvens. Sol forte na rua. Calor. Assim daquele de ar bem quentinho que nos faz pedir é uma boa sombrinha, debaixo de uma árvore, acompanhados por uma bebidinha fresquinha. Aparece um ser, uma criatura, em pleno dia desses, com casaco vestido. - Então? Não têm calor, de casaco vestido, homem! - Ah... algum. Mas prefiro ter o casaco vestido, para (...)

Woo-hooo chegou o Verão!!

21.06.18, Peixe Frito
No calendário. No ca-len-dá-rio. Sol hoje, só na minha imaginação - quero crer que ele brilha intensamente por cima das nuvens cinzentas de chuva, que cobrem o céu. Com tantos dias de calor, logo o dia mais longo do ano, é benzido por chuva intensa. Como se não bastasse o que já choveu no resto do ano, precisamente hoje que anoitece mais tarde, vamos levar com chuvinha todo o santo dia. Abençoados sejamos. Ao menos não faz frio, porque se fizesse... era a cereja no topo do bolo. (...)

Ó São Pedro, baixa lá aí um pouco a temperatura do forno, s.f.f.!!

18.06.18, Peixe Frito
É uma chatice quando o vento venta forte. Além de levar tudo para a casa do coiso das caldas, quando é frio... caramba. Até se nos enregela os... ossos! Mas em dias quentes, que bem sabe uma ligeira brisa, de vento morno. Até toca na alma e dá uma sensação de aconchego fenomenal - além de ajudar à transpiração corporal do pessoal e a aliviar alguns cheirinhos, erm... mais assim para o coiso, que nos faz pensar se algumas pessoas sabem que existe desdorizante e assim. Nunca (...)

E quando uma desconhecida, te oferece carinho?

26.03.18, Peixe Frito
Esta lembrou logo do anúncio mas neste caso não foram flores, nem ninguém me ofereceu nada físico. Partilho este episódio da minha vida apenas porque me senti agradavelmente surpreendida com a situação e senti que foram raras as vezes que alguém reagiu assim à minha pessoa. Pelo menos de modo tão efusivo, espontâneo e sincero. Sem me conhecerem de lado nenhum. Vi uma pessoa meio embaralhada com o funcionamento do seu automóvel, a fazer fila no posto de abastecimento. (...)

O comité das lagartixas vai fazer-me a folha.

13.03.18, Peixe Frito
Sabem como são as gajas e os seus tarecos. Sacos por todos os cantos mais a mala. Eu sou muito desajeitada, pelo que se vou cheia de sacos, dá molho pois levo tudo atrás de mim e sem dar conta. Por vezes nem preciso de sacos, tal é a minha graciosidade intrínseca: até a levantar da mesa, levo a toalha atrás. Como o faço? No clue. Devo ser um imãn de tal magnetismo que tudo quer vir atrás de mim, coladinhos, tal e qual as fãs histéricas do Justin Bieber quando o vêm na rua. (...)

Tenho de abrir um zoo...

09.03.12, Peixe Frito
  Adoro apanhar sol. Assim, numa pausa que possa de facto fazer, gosto de ir apanhar solinho nas escamas, a ver se afugento o bolor e a ómidade da cabeça. No outro dia, vou eu lampeira tentar apanhar uma réstia de solinho, e oiço restolhar ao pé de mim. Assustei-me pois está claro. Ali mesmo ao pé da minha barbatana... "Ai o caraças pá... que bicheza anda para aqui?" Espreitei e tal, olhei para cima, baixo, lado, até na diagonal (só não espreitei a fazer o pino) e não vi (...)