Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Parece uma anedota mas acreditem que é verdade.

frito e escorrido por Peixe Frito, 10.05.22

Quer dizer, no fundo, até nem se vão admirar:

Chega a altura do aconchego dos lençóis e haja lá maior maravilha do mundo, do que deitar a cabeça nas mantas da nossa bela caminha. O cansaço acusa, a mente vagueia livremente pelos campos verdejantes, cheios de flores viçosas e borboletas que pousam aqui e ali... rios que correm... riachos frescos, pedras com musgos.. e sapos. Sapos?... (*momento de reflexão*) (*pergunto-me*)... «Será que os sapos nadam de costas??»

Pois é, o João Pestana tem mazé de começar a verificar a validade dos pós que larga na malta ou que tipo de pó nos polvilha, é que isto de dar por mim a pensar se os sapos nadam de costas, aquando estou a relaxar para começar a cozer batatas e babar a almofada... Têm lá jeiteira! Há quem conte mémés. Há quem pense onde está o Wally. Há quem pense se amanhã faz sol pois têm de estender a máquina de cuecas lavadas. Há quem pense na origem do universo: eu penso nos estilos de natação dos sapos. Está certo!

Ia sendo, mas não fondo. Safei-me resvés Campo de Ourique.

frito e escorrido por Peixe Frito, 13.12.19

Alheada ao facto de ser sexta-feira 13, dado serem sete e tal da manhã e o tico e o teco ainda estavam extra dormentes, hoje pensava ser sábado. A sério! Acordei e pensei:

- Nossa que bom, hoje é sábado e posso dormir até mais tarde!!

Só que não. Daí a momentos, toca o despertador. Até podia pensar que o teria programado mal mas eu sei bem no meu íntimo, que ele está programado só para tocar aos dias da semana, por isso se ele estava a tocar... era dia de mexer a peida dos lençóis.

E assim começou a minha esplendorosa sexta-feira. Com uma vontade de me levantar extra crocante com cobertura de não-me-apetece-mexer polvilhado de raios-partam-que-ainda-falta-um-dia-para-sábado. Ma-ra-vi-lho-so. Melhor que isto, só ter de ir às compras no fim-de-semana e quando se começa a chegar à periferia dos hipermercados, decidir passar fome só para não ter de me enfiar nas filas de acesso, conseguindo passar isso tudo, as formigas às compras e filas e filas e filas para me vir embora, já eu perdi anos de vida. Ainda pior do que uma corrida de obstáculos, em que o chão está encerado e os corredores com mini meias de vidro.

Ainda espero pelo milagre natalício, de ir e vir das compras descansada, nesta época do ano.

E pensar que este post começou por eu ter tido sorte em não me atrasar, apesar de estar a sonhar com o doce sábado, e acabou a falar em milagres de Natal. Isto é que é!

A almofada ficou num pranto a chorar por mim.

frito e escorrido por Peixe Frito, 23.04.18

lizzard-1366027.jpg

Isto hoje está assim. Dizem que uma imagem vale por mil palavras. Esta expressa o meu sentir matinal de ser segunda feira de manhã, estar exageradamente em modo de  rabinho de sono, sair à rua com os pés pesados e ver nevoeiro cerrado temperado com chuva miudinha.

Eu mereço, certamente.

frito e escorrido por Peixe Frito, 05.02.14

   Não há nada como a hora de deitar. Afofar nas mantas quentinhas com um frio de rachar, a ouvir o temporal de vento e chuva na rua.

   Antes de dormir, o ritual habitual: verificar se o despertador / telefone está programado para a hora correcta, deixá-lo à mão na mesa-de-cabeceira e ir dormir. 

   Tranquilo. Silêncio. ahhhhh Gosto tanto. Eis que, passado um pedação de tempo, o raio do telefone toca. Primeiro pensamento neste pickle:

   «O despertador já está a tocar?! Fosga-se-te (sim não existe, mas eu digo esta palavra), não me digam que passei outra noite em branco e nem notei...»

   Pronto, lá pego no telefone a mau modo de quem queria era estar a dormir e tinha de se levantar para ir trabalhar, ensonada diga-se de passagem, para desligar o dito despertador e verifico que afinal me estavam era a telefonar e não era o despertador.

    Resumindo e moral da história:

    - Tenho de mudar o toque do telefone, para não ser tão similar ao do despertador, para estas coisas não acontecerem. É que não há nada pior que estarmos afofados nas mantas, a sonhar com o Jensen Ackles e acordarmos a pensar que era o despertador e afinal era apenas uma criatura que nos estava a telefonar a horas indecentes.

    Deviam de inventar um aparelho (ou aplicação, que agora está na moda dizer "ah e tal eu tenho uma aplicação que coze batatas e também cose os buracos das meias e coiso") que, a determinada hora da noite, quando alguém tivesse a inteligência de telefonar a alguém, lhe dissesse:

    - Oiça lá pá, acho bem que esteja a morrer ou que seja o fim do mundo em cuecas, para estar a telefonar a esta alminha que está no seu sono de beleza, a estas horas indecentes, sua criatura das trevas.

    Ou que simplesmente lhes transmitisse um choque, através do telefone, só para abrirem a pestana e deixarem de ser tótós de terem ideias ronhonhócas de telefonar a uma pessoa à noite.

      Agora é assim, se for para me dizerem que ganhei o euromilhões, telefonem à hora que quiserem, que eu nesse caso ponho em prática o meu sono de beleza numa ilha tropical, sem grandes problemas.

Aaaaaaarggggggghhh...!!!!

frito e escorrido por Peixe Frito, 23.05.12

  Eh pá, isto hoje está bravo... 

  Sinto-me que a modos que assim meio.. coiso!

  

  Recorda-me de uma colega, que uma vez estava sozinha no gabinete, e estava com uma pedrada de sono daquelas. Do meu lugar, eu conseguia vê-la. A perceber que ela precisava de uns toros de madeira para segurar os olhos (com palitos já não ia lá) e invés de lhe ir oferecer um café a ver se a mulher acordava, fiquei a observá-la naquela luta constante em se manter acordada perante o computador. Eis que, de um momento para o outro, a cabeça lhe escapa da mão onde estava apoiada...  

   

     Não aterrou no teclado, mas esteve perto.

     Naturalmente eu não me aguentei... lá soltei uma risada sonora. Ups... Busted, Peixa!

     O que vale é que ela têm sentido de humor e retribuiu-me um sorriso e um olhar de "estavas à cocaaaaaaa", senão ia ser bonito! :D

Hum... será que é plausível?

frito e escorrido por Peixe Frito, 12.05.09

   Uma nova desculpa, para quando se chegar atrasado ao trabalho: Arrumem as chuteiras às desculpas de "O despertador não tocou" ou a variante "Não ouvi o despertador", ou alguns mais criativos "Não dei a corda ao despertador", ou até mesmo "O meu cão comeu o meu telemóvel" e à "A minha criada não me acordou"!

    Que tal: "Comprei uma almofada nova tão boa, tão fofinha, tão maravilhosa, que nem me consegui levantar da cama a horas. Não tenho a culpa que a almofada seja tão fabulosa. Estão aborrecidos por ter chegado atrasado? Reclamem com o fabricante da almofada!"

   Que acham?

Deve haver aqui um ninho delas...

frito e escorrido por Peixe Frito, 17.03.09

   Ao que parece, anda tudo com a cobra. Eu principalmente... já se enrola na perna, o raio da jibóia.

...

frito e escorrido por Peixe Frito, 17.03.09

   Hoje estou como aí o Tom... nem à base do café. Dava-me jeito umas fita-colas daquelas, ou uns palitos para segurar os olhos.