Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Esta devia estar de morte, nem era de gritos.

22.01.20, Peixe Frito
Qual a probabilidade de uma simples mousse causar sensação em casa de uma família, sem ser pelas dores de barriga causadas pelos ovos atrasados? Muito pouca, mas ainda assim, há margem. Sabem como é o universo e o seu sentido de humor retorcido, não sabem? Está sempre à espreita para encanar a malta. Pois bem, nem o simples facto de confeccionarem uma sobremesa para a vossa família degustar após a refeição, escapa aos dedos daquele sentido de humor maquiavélico. Basta que (...)

Foi um momento mágico, quase me senti no filme da Frozen, versão cuecas.

21.01.20, Peixe Frito
Isto de se fazer a lides da casa, têm muito que se lhe diga. Principalmente, no que toca a lavar a traparia de enfiada. É que é um ver se te avias, até formo montinhos de roupa a fazer fila, tudo esquematizado: Dia de chuva -> lavar cuecos -> máquina de lavar -> máquina de secar -> encher e programar a máquina de lavar com o temporizador para começar a lavar depois da outra manela secar -> perfeito! e assim on and on. Vou lampeira tirar a roupa da máquina de (...)

Só porque não há uma sem duas.

10.05.19, Peixe Frito
(não é um panda, mas um koala ficou parvo com este post) Na sequência do post anterior, onde pelos vistos reinava o tema do cuidado das espécies e planeta Terra, constava igualmente uma pergunta de escolha múltipla, se as alminhas sabiam qual o alimento que os seres humanos também consomem, que dado o seu consumo e devastação poderá contribuir para a falta de alimento do panda chinês, podendo pôr em risco a existência da espécie? Ora, que acham que responderam, na sua grande (...)

Nossa senhora, Deus nos valha.

10.05.19, Peixe Frito
Uma série de jovens a responderem a um questionário onde lhes perguntavam qual era a principal causa do urso polar ter a existência em risco, onde entre as alíneas de resposta se encontravam o degelo das calotes polares ou a desflorestação, alguém adivinha que responderam? Sim, a desflorestação. Alguém já viu alguma árvore nas calotes polares? Ora pois aí está. Fico mais descansada em relação à cultura destas criaturas... not.

Testemunho verídico. Palavra de escuteiro!

25.10.18, Peixe Frito
Sempre ouvi dizer que o cúmulo da paciência era pôr um cugalhão – como diz a cú rabinho pequeno – numa gaiola e esperar que ele cante, até que a minha experiência de vida me demonstrou algo pior. Experimentem deixar cair uma série de bolinhas de esferovite no chão e na falta de aspirador, as terem de varrer e logo me dirão, se não vos vai apetecer pegar fogo à casa, que é mais rápido e eficaz ou esperarem por uma nova encarnação vossa para aquilo ter-se esvaido com o (...)

Agarra que é ladrão!!! ^.^

26.09.12, Peixe Frito
  Lá vou eu na minha vida, pacata e serena, e oiço o alarme de um carro a tocar. E a tocar. E a tocar. E a tocar. Passo pela gasolineira, e qual o meu espanto, que observo um gajo, na maior das descontracções a abastecer o seu veículo, grande pose a segurar na mangueira - hey, sei que esta junção não soou bem, mas não sejam pervertidos :) - e mão na cintura, com o dito veículo com os quatro piscas ligados e... o alarme do carro a tocar.   Ora, digam-me lá se não é de (...)

Coisas às quais consegui sobreviver para contar.

25.09.12, Peixe Frito
  Ver uma criatura a entrar em sentido contrário num posto de abastecimento de combustível, ter o dito carro ao contrário nas bombas, tentar abastecer, ir á loja falar com a senhora, e observar esta muito calmamente - devo tirar-lhe o chapéu - a explicar à criatura que para abastecer têm de ter a viatura no outro sentido, pois estava em sentido contrário.   Foi de bradar aos céus a cara de admiração da dita criatura, quando a moça lhe disse que o carro estava mal colocado. (...)

É o que dá ter uma mente perversa...!

24.02.12, Peixe Frito
   Como tantas mentes que por aí andam, que uma pessoa não pode dizer nada sem que essas alminhas pervertidas levem logo as nossas inocentes palavras, imaculadas e sem malícia na sua verdadeira essência - algumas das vezes devo confessar que não são assim tão imaculadas -  para outra interpretação e outras localizações geográficas corporais, nomeadamente para uma área assim mais para o "estremadura" - "ribatejo" - "interior" - "alto alentejo", a minha não é excepção (...)

Este nem com as chuvadas que têm caído se safou

04.02.10, Peixe Frito
   Aqui há dias, vejo um carro a vir ao longe, na direcção contrária, e penso para mim: «Bem, aquele carro têm cá uma decoração mesmo marada. Parece camuflado... Grande maluco...!». Quando o carro passa por mim, verifiquei que de facto o mesmo estava camuflado e decorado... por pássaros!!    Pelos testemunhos que eu própria tenho visto, os bichos têm jeito para a pintura abstrata. Ao que parece, cada bicho alado com penas, têm um pintor latente dentro de si. E olhem que (...)

Qualquer dia viro rolinho-de-peixe...!

03.02.10, Peixe Frito
    Como podem calcular, "Graciosa" é o meu nome do meio. É só graciosidade no meu modo de manejar e fazer as coisas, principalmente no que toca a mexer em película aderente. É fantástico e um espectáculo digno de se ver. Primeiro, é o encontrar a ponta do rolo, que vê-la é mesmo isso... nem vê-la, depois é o acto de esticar a película, só que como sou tão prendada, enrolo a película nela própria ou enrolo a película na minha própria mão, chegando até (...)

Se tivesse um buraco...!!

28.01.10, Peixe Frito
   Uma vez, estava um rapaz em pleno escritório a mostrar o desenvolvimento do seu trabalho ao seu chefe, e eis que de repente se começa a ouvir uns gemidos, assim um esfrega-esfrega aos altos berros. O rapaz super atrapalhado, lá desligou as colunas e etc., ficando com uma cara de quem se esfumaria se conseguisse, sob o olhar gravíssimo do chefe.    Sabem o que aconteceu? Não, não estavam a ver sites pornográficos! Foi mesmo um pop-up que "saltou" no computador do rapaz!!! (...)

Isto costuma dar uns dias antes de morrer...! ^.^

27.01.10, Peixe Frito
   Tenho uma especial aptidão, para deturpar as coisas daquilo que são na realidade, para algo que nada têm a ver. Quando digo NADA, é nada mesmo. Ora, há certas palavras que me fazem lembrar coisas para comer. Sei lá, acho que a sonoridade da palavra sugere algo para trincar. Um exemplo disso é o nome da aldeia ou vila, pronto... povoação "Almoçageme&quo (...)

Quem tem as mãos amarelas???

18.01.10, Peixe Frito
    Quantas vezes já aconteceu, um casalito ir dentro do carro, e de repente cheirar a morto? Vira-se logo a moça para o moço:      - Kiduxo... tu largaste-te??      - Euuuu?      - Que ideia... - resmunga a moça, a tapar o nariz e a abanar o ar com a outra mão.      - Cá para mim, foste mazé tu fofinha, e agora dizes que fui eu...      - Olha agora... Tens cá uma lata... Bem capaz és tu de mandares as culpas para cima de mim, e teres sido tu...! Até (...)

Em que se devem ter inspirado? ^.^

12.01.10, Peixe Frito
     Aqui há dias, comprei pão num centro comercial. Um pão fantástico... fofinho... assim super apetecível, e com uma legenda a dizer: "Manda-me uma trinca, s.f.f." ou neste caso mais hardcore "Faz de mim uma sandes...!"*; Por norma, e atenção eu não percebo muito de pães e o caraças (carcaças pá, carcaças!! Vocês lêem tudo ao contrário..!!), pelo que para mim, os nomes dos pães resumem-se à dita "carcaça", "pão-alentejano", (...)

Parece que estou a jogar ao Mikado

29.12.09, Peixe Frito
   Abrir o armário da despensa, e cair a embalagem dos palitos no chão. É desesperante varrê-los, porque há sempre um maldito que se enfia nas cerdas da vassoura, não dá para aspirar porque atravessam-se no cano do aspirador, pelo que por vezes, apenas me resta andar a apanhá-los à mão. E mesmo com o esforço sobre-humano de os tentar apanhar todos, existe sempre a piece de resistance, que encontramos encafuada algures, uns tempos depois da catástrofe palital.     Quando (...)

Grande balda...!

11.11.09, Peixe Frito
    Aqui há dias, andavam uns tipos a fazerem de conta que arranjavam as telhas na empresa. Eis que, surpresa a nossa, que vemos um grande vulto a cair, mesmo rente à nossa janela - observação: O gabinete fica num primeiro piso. Escusado será dizer, que ficou tudo em pulgas, foi logo tudo mirar a janela aos tropelões, tal e qual velhas codrelheiras que vão logo cuscar à janela mal vêem uma ambulância ou ouvem um barulho mais invulgar, a ver se alguém se tinha baldado. (...)

Uma adivinha para a malta

28.10.09, Peixe Frito
   Quando não se têm guardanapos-de-papel, ou os corriqueiros rolos-de-cozinha, que se usa em sua substituição?     Ah não resisto, é mais forte que eu... Façam como eu própria: Sim meus caros, usem o papel higiénico...! ahahah Ainda ia sugerir a borda da toalha, mas então, eu costumo usar individuais! E também acho que a minha mãe não ia gostar de descobrir, que eu limpava as beiçolas à toalhinha aos patinhos que ela me ofereceu, com tanto amor e carinho.     É o (...)

Sou só eu...

26.10.09, Peixe Frito
   ... que passo a vida a olhar para as horas, e a pensar: «Exactamente há três dias atrás, era uma hora mais tarde... São 16:00... (suspiro) Há três dias era... 17:00, não é?????» - ataque de raiva interior, assim a roçar a erupção de um vulcão hawaiano.     Raios partam a quem continua a ter a brilhante ideia de mudar a hora. O que vale, é que eu não tenho medo do escuro, porque se tivesse, ia ser bonito, começar a sair de noite.