Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Testemunho verídico. Palavra de escuteiro!

25.10.18, Peixe Frito
Sempre ouvi dizer que o cúmulo da paciência era pôr um cugalhão – como diz a cú rabinho pequeno – numa gaiola e esperar que ele cante, até que a minha experiência de vida me demonstrou algo pior. Experimentem deixar cair uma série de bolinhas de esferovite no chão e na falta de aspirador, as terem de varrer e logo me dirão, se não vos vai apetecer pegar fogo à casa, que é mais rápido e eficaz ou esperarem por uma nova encarnação vossa para aquilo ter-se esvaido com o (...)

Já cresci mais uns centímetros, de tanta jibóia...!

05.08.11, Peixe Frito
    Adorava ser uma gata. A sério. Não propriamente por ter sete vidas nem por comer peixinhos (que adoro :D), mas sim por um pormenor muuuuuito especifico: Eu adoro espreguiçar-me e, a meu ver, mais ninguém no reino animal o faz com tanta excelência, graciosidade, flexibilidade, contorcionismo e satisfação, que a porra de um gato.   Eu sou um bocado mal fadada no que toca (...)