Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ó da guarda, peixe frito!

Vai com arrozinho de tomate?

Sem dúvida que há coisas na vida, as quais, não têm resposta.

27.07.18, Peixe Frito
Acho bem que as pessoas comprem e tenham carros descapotáveis. Ainda não consegui foi perceber o como conseguem andar de descapotável, quando está uma ventaça do fundo do poço dos infernos demoníacos. Se já os macacos do sótão ficam arejados com a deslocação do vento - agarrando-se com unhas e dentes a tudo o que conseguem, tal a aflição de não serem expelidos - normal com o movimento do automóvel, quanto mais com ventos fortes, etiquetados com "Perigo, conduza com (...)

Um mal nunca vêm só.

23.07.18, Peixe Frito
Já não basta o canito ter de usar daquelas "coleiras" que mais parece que foi enfiar o focinho no gramofone e ficou com ele preso ou anda mascarado de corneta andante, ainda por cima tinha de estar vento. Ao contrário do que se possa pensar, que o animal assim fica com os abanicos protegidos do vento, o cão anda nas horas do caraças, cada vez que S. Pedro abre a janela e faz corrente de ar. Ainda dizem que ter vida de cão é que é - de alguns claro.   

Ó São Pedro, baixa lá aí um pouco a temperatura do forno, s.f.f.!!

18.06.18, Peixe Frito
É uma chatice quando o vento venta forte. Além de levar tudo para a casa do coiso das caldas, quando é frio... caramba. Até se nos enregela os... ossos! Mas em dias quentes, que bem sabe uma ligeira brisa, de vento morno. Até toca na alma e dá uma sensação de aconchego fenomenal - além de ajudar à transpiração corporal do pessoal e a aliviar alguns cheirinhos, erm... mais assim para o coiso, que nos faz pensar se algumas pessoas sabem que existe desdorizante e assim. Nunca (...)

Olha a perna boaaa...

10.05.18, Peixe Frito
...ou o alicate, para ser mais precisa.  Quem se lembra de vestir saias, com um enorme vento a soprar na rua? Eu, pois está claro. Santa teimosia a minha que se é aquilo que me apetece vestir, assim o faço. E no que resulta isso? Numas belas figurinhas. Vêm com cada rabanada de vento, que muitas são as vezes que me apanha distraída e me faz um espectáculo digno de Marilyn Monroe... Com direito a cuecal à vista e tudo. Como já são muitos anos a virar frangos e a mostrar a cueca (...)

A "Gisele" anda armada ao cardo.

15.03.18, Peixe Frito
Logo pela matina, lembrei desta anedota: - Até logo filho, bom dia de escola! Vai com Deus! O menino desce as escadas, tropeça e murmura: - Podes vir comigo, mas não me empurres!   Saí de casa e estava um vento tão forte, mas tão forte, que parece que alguém me deu um empurrão nas costas de rompante, que até me fez andar de lado.  Eu sei que estou a precisar de um empurrão na vida, não precisa é de ser tão literal. E logo de manhã... Cá para mim, a "Gisele" ficou (...)

Vento, ventaniaaaaaa....

07.02.12, Peixe Frito
   É habitual  verem-se animais a pastar no campo. Assim, á solta, á sua vontade. Umas ovelhas ou vacas ou cabras... até bois e cavalos. Nada de anormal. A questão, é que invés de eu ver os mémés a pastar, vejo galinhas a "pastar" no monte. Ao inicio pensei que estava a ver mal, que era uma ilusão. Um aviso de Deus a dizer-me "Peixaaaaaaaa (voz tenebrosa) andas a dar muito no frangoooooo... vê lá se te atinaaaaaaaaaaas e come antes uma peça de frutaaaaa que te faz (...)

Este é que a leva bem...!

19.07.11, Peixe Frito
   Este ursinho goma é que leva a vida na maior, ah pois é. Olha eu bem que gostava estar igualmente estarraçada numa esteira, a bebericar um belo de um suminho e a apreciar as vistas, mas não, parece que tão cedo não vou ter essa oportunidade... Sim, S. Pedro é um grande porreiraço e se não manda rajadas de vento à malta, despenteando as gajas formosas que demoram uma (...)

Ó pr'a mim, tão bela e amarela

07.07.11, Peixe Frito
   Efectivamente, se há algo pior do que irmos à cabeleireira cortar a lã com um corte supé fashion, que quando lavamos o cabelo pela primeira vez ficamos a parecer o Chewbacca (por não nos conseguirmos pentear bem até nos adaptarmos ao novo corte da gadelha) é ter um secador novo. Bem... primeiro que se acerte com a temperatura, e depois é o difusor, e ó despois aquela coisa que serve para esticar o cabelo que eu supostamente uso para esticar a franja, mas que o melhor que eu (...)

Andam a treinar para o Carnaval...!

05.02.10, Peixe Frito
   Então não é que aqui a miss vai a passar por debaixo de umas árvores (eucaliptos para ser mais exacta, ou ecalitros como dizem os alentejanos - ó Ruim e Los Compadrez sem ofensas hein!!), e oiço assim um estrondo. «Olha o catano... Não me digam que passei por cima de alguma coisa, ou alguma pedra fez ricochete no carro». Não... foram mesmo as árvores que, com o vento (digo eu, cá para mim foi de propósito), deixaram cair o "fruto". Logo por azar, precisamente (...)

Vento ventaniaaa

31.07.09, Peixe Frito
    Eu adoro a praia. Sim, não fosse eu uma verdadeira Peixa. Mas há uma coisa que me incomoda gravemente na dita: o vento.    Não há nada mais agradável, que chegarmos à praia, inspirarmos aquela maravilhosa maresia, sentir a areia nos dedinhos dos pés. Pousarmos calmamente as coisas, abrir o chapéu, colocar protector solar, estender a toalhita, sacar do jornalinho ou revistinha do saco, deitarmo-nos, et voilá.    Agora vejam a versão com vento:    Chegamos à praia, (...)